Chevrolet Caravan – Clássico

O Opala, mesmo que sem querer, acabou se tornando muito importante na história do mundo das rodas, bom pelo menos no Brasil. O veículo também deve ter seu lugar reservado na história da Chevrolet, pois além de render muitas vendas, ele ainda deu ideias para novos modelos.

Um bom exemplo disso é a Caravan, que é praticamente uma versão perua do consagrado modelo. A Caravan, foi apresentada para o nosso mercado no ano de 1974, e por ter sido baseada no famoso Opala, já chegou fazendo bastante sucesso.

Chevrolet Caravan

Chevrolet Caravan

Embora só tenha chegado no Brasil em 1974, a perua já circulava pelas ruas europeias em 1966. Sob o capô, o carro poderia trazer um motor de 6 cilindros ou um de 4 cilindros. As sonhadas quatro portas nunca chegaram à Caravan, com isso todas as suas versões só podiam ser encontradas com duas portas, mas mesmo assim o seu índice de aprovação era bem alto aqui em nosso país.

Já em 1976, a revista Auto Esporte, considerou a Caravan como “O Carro do Ano”, fazendo com que ela se tornasse um veículo de respeito. E tanto respeito, acabou lhe rendendo uma versão SS em 1978. Apesar de contar com os mesmos motores da versão anterior, o carro possuía um apelo bem mais esportivo, fazendo com que ela sobrevivesse por mais quatro anos no mercado.

Mas como você já devem ter percebido, por mais longa que seja a produção de um veículo, ela sempre terá um ponto final, pois sempre terão que dar espaço para a produção de carros mais modernos, seja essa modernidade no motor ou em seu design. E com a querida Caravan não foi diferente. Em 1992, esse grandioso modelo deixou de ser produzido e fez sua despedida do mercado automobilístico.

Deixe sua opinião