Ford Escort – Clássico

Você deve estar se perguntando: Porque o Escort, um carro velho, é um clássico? Muito simples meus amigos, o modelo é nada menos que o primeiro veículo mundial da Ford à ser vendido em nosso país. Mesmo que este talvez seja o ponto mais importante dele, vamos olhar um pouco mais sobre ele.

Quando o Escort começo a ser comercializado, o modelo fazia uso do motor 1.3 CHT, isso nas versões mais simples, pois as mais elaboradas ou mais completas, usavam o propulsor de 1.6 de potência. Isso inclui a versão XR3, que era a mais esportiva e a última a ser lançada.

O acabamento deste Ford era bem caprichado, além disso ele era bem silencioso e confortável. Assim o motorista tinha uma experiência bem agradável atrás do volante do Escort. Para época, o design do modelo também se destacava, uma vez que comparado aos demais veículos do período ele era bem moderno.

Ford Escort

Ford Escort

Mas ainda há outras características que se destacam, como a sua visibilidade, que era excelente. Até os seus retrovisores externos eram bem grandes, facilitando a visão do motorista em relação ao que estava atrás do veículo.

Já no ano de 1985, o modelo passou a ser equipado com o motor 1.8 da Volkswagen e chegou no auge de sua forma em 1996, ano onde ele sofreu outra alteração e passou a contar com os modernos motores Zetec. Mas teve o mesmo fim que todos os clássicos em 2003, quando sua produção foi encerrada, para que as fábricas ficassem com espaço para produzir o Ford Ka.

Deixe sua opinião