Motor flex: qual o melhor combustível?

Quando surgiram os primeiros motores flex (bicombustível) no Brasil, muitos foram os rumores de que se trataria de mais um modismo automobilístico e de que não emplacariam. Pois foi um grande engano da parte de quem acreditou nesses mitos, e o que se comprova hoje é que os motores flex não só emplacaram com grande aceitação como representam a maioria dos motores disponíveis no mercado.

Ter a opção de abastecer o carro seja com gasolina ou álcool é um privilégio viável tanto em quisito econômico quanto em matéria de mobilidade. É comum e sempre presente as diferenças de preço entre estes dois combustíveis, e também o comportamento do carro em matéria de autonomia e desempenho quando utizando seja a gasolina ou o alcool, ou ainda ambos de uma vez.

Carros Flex: àlcool ou gasolina?

Carros Flex: àlcool ou gasolina?

Sabemos que a gasolina é um combustível fóssil e limitado, e que apesar de ser ainda o principal combustível utizado em carros utilitários e um dos grandes responsáveis pela poluição e aquecimento global, está fadado a se extinguir, uma vez que é uma fonte não renovável. Já o álcool, combustível natural derivado da cana de açucar, representa uma excelente escolha na hora de pensar em substituição de combustível, além de ser uma fonte renovável e uma alternativa consciente para a poluição e aquecimento global.

O Brasil é um grande produtor de cana de açucar, e, consequentemente, de álcool. Isto faz representar uma grande diferença em relação aos preços do combustível. Enquanto a exploração do petróleo requer grandes investimentos e custos elevados durante o processo de beneficiamento, além de estar submetido àos critérios de mercado das indústrias nacionais e multinacionais, o álcool apresenta custos bem menores e processamento mais simples, o que acaba por repercutir nos preços.

No que tange a queima desses combustíveis nos automóveis, sabemos que o álcool queima mais rápido e por isso é menos econômico que a gasolina, embora possibilite ao carro um desempenho superior. A dúvida é: que combustível é melhor utilizar? Resposta: o que troxer uma maior economia e menos desgaste, tanto para o veículo como para o meio ambiente.

Uma forma de estabelecer qual combustivel trará mais economia é dividir o preço do álcool pelo da gasolina e multiplicar por 100. Se o resultado for maior do que 70, é preferível abastecer com gasolina, se for menor prefira o álcool.

Créditos da foto para: http://www2.uol.com.br/interpressmotor/servico/item13391.shl

0 comentários para “Motor flex: qual o melhor combustível?”

  1. Aline Beatriz Sampaio disse em 21/01/2014 às 19:09:

    viu, viu…é bom pesquisar

Deixe sua opinião