Sistema de Escape

Hoje estou trazendo algumas dicas de manutenção preventiva no escapamento. Lembrando que a manutenção preventiva é de suma importância, pois com ela você pode evitar problemas, que geram transtorno.

A primeira dica é, evite dar um tranco em seu veículo caso ele possua catalisador, sempre tente fazer com que seu carro pegue da maneira convencional. O motivo é simples, caso a ignição esteja com defeito, o combustível que não é queimado na partida pode chegar ao interior do equipamento, e com isso o catalisador pode superaquecer quando o motor estiver em funcionamento. E se isso acontecer, pode fazer com que o núcleo cerâmico do equipamento se derreta, causando a obstrução completa do escapamento, como conseqüência o motor irá parar.

É claro que existe casos em que o tranco se faz necessário, um bom exemplo é quando a bateria do veículo estiver carregada e o motor de arranque não funcionar de maneira adequada, quando isso ocorrer não tem problema dar um tranco em seu carro.

O bom estado do escapamento é muito importante para que o veículo apresente o seu bom desempenho. É aconselhável que você não faça modificações no sistema de escape de seu carro. Nas peruas, station wagons e utilitários esportivos, é recomendável que a saída do escape se mantenha original, e o motivo é bem simples, o sistema pode se danificar devido à zona de pressão que se forma na traseira.

Escapamento

Escapamento

As modificações no sistema pode fazer com que gases queimados retornem e eventualmente eles podem entrar na cabine, algo muito perigoso se levarmos em conta que o monóxido de carbono é um gás venenoso, que pode levar à morte.

Deixe sua opinião