Vale a pena gás natural veicular?

O uso do gás natural veicular (GNV) é uma alternativa aos combustíveis líquidos amplamente utilizados em nosso país: a gasolina e o etanol (álcool). A maioria disparada da frota de veículos utiliza esses combustíveis líquidos atualmente. Muito se fala sobre as vantagens do uso do gás natural veicular e hoje resolvemos abordar esse assunto polêmico de forma diferente.

Após realizar diversas pesquisas e colher opiniões de alguns motoristas, chegamos à conclusão de que vale a pena utilizar o GNV. Vamos explicar nossos pontos.

Vantagens do uso do GNV

Antes de mais nada, é necessário esquecer o termo “conversão”. Você não “converte” um veículo para GNV. O que você faz é instalar equipamentos adicionais (conhecidos como “kit gás”) que permitem o abastecimento por gás natural veicular. “Conversão” seria modificar características do motor através de procedimentos técnicos no cabeçote e peças internas para que ele não fosse mais abastecido com etanol e sim com gasolina, por exemplo. Você não “converte” um veículo para GNV porque, mesmo após a instalação desses equipamentos, ele ainda pode ser abastecido com combustíveis líquidos.

O abastecimento com o gás natural veicular traz economia para o motorista, já que esse combustível é sempre mais barato do que a gasolina ou o etanol – porém, como qualquer outro combustível, também está sujeito a oscilação de preço e crises de abastecimento e infelizmente disso não há como fugir, seja qual for o combustível escolhido.

A instalação do kit gás varia de R$ 1.400,00 a R$ 6.000,00. O custo é alto, mas a economia vale a pena a médio e longo prazo. Isso significa que o investimento é válido se você não estiver pensando em trocar de carro em pouco tempo.

Outra grande vantagem do GNV: ele é um combustível muito mais limpo que não produz monóxido de carbono, resultando na produção de uma chama limpa no motor. Essa, por sua vez, quando queima, produz muito menos poluentes do que os combustíveis líquidos. Além disso, o gás natural veicular ainda rende muito mais do que seus concorrentes: 30% a mais que a gasolina e 50% a mais que o etanol.

Vale a pena gás natural veicular?

O gás natural veicular é mais barato, mais econômico e menos poluente que os combustíveis líquidos

Ao contrário do que muitos dizem, acreditamos que abastecer o veículo com GNV vale a pena mesmo se você não roda muito. Economia é economia. Evidentemente, se você roda mais, economiza mais. Se roda menos, economiza menos. Porém, toda economia é válida.

Quando dizem que não é vantajoso utilizar o gás natural veicular se você roda poucos quilômetros por dia, a maior preocupação é que você não consiga economizar o suficiente para compensar os custos que você teve com a instalação do kit gás. Faz certo sentido – por isso dissemos que vale a pena se você não estiver pensando em trocar de carro em breve.

Quer conhecer mais uma vantagem do gás natural veicular? Os proprietários de veículos com GNV pagam menos no IPVA: apenas 1% do valor do veículo.

Desvantagens do uso do GNV

Apesar de acreditarmos que o uso do GNV vale a pena, reunimos também algumas desvantagens para que você possa analisar e formar sua opinião:

  • Seu veículo ficará mais pesado depois da instalação dos equipamentos adicionais e, consequentemente, perderá um pouco de sua potência
  • O custo com a instalação do equipamento que permite que o veículo seja abastecido com GNV é alto, então, você deve tomar a decisão depois de analisar todos os aspectos da mudança
  • O porta-malas perderá espaço em função da instalação dos cilindros de combustível
  • Nem todos os postos de abastecimento estão preparados para fornecer gás natural veicular

Conclusão

Se existe uma opção que é comprovadamente mais econômica (tanto na hora de abastecer quanto na hora de pagar o IPVA) e que ainda reduz a emissão de poluentes no ar, ela deve SIM ser considerada. Acreditamos que as vantagens do uso do GNV são muito mais relevantes do que as desvantagens, principalmente no que diz respeito à redução da emissão de poluentes. O meio ambiente agradece tudo o que você puder fazer por ele hoje.

Se você ainda está na dúvida, sugerimos que converse com algumas pessoas que já utilizaram ou utilizam o gás natural veicular. Pergunte a elas quais foram as maiores vantagens e desvantagens observadas, analise, tire suas próprias conclusões e, por fim, decida o que é melhor de acordo com o seu estilo de vida.

Deixe sua opinião