Superesportivo Brasileiro, Rossini Vorax

O novo Super carro brasileiro o Vorax, fez sua estréia no Salão do Automóvel em São Paulo. O nosso Vorax esteve ao lado de carros como o Bugatti Veyron, que com certeza é um espetáculo e tanto, mas é um espetáculo que todo apaixonado por carro já viu por fotos ou vídeos que existem aos milhares pela internet, ao contrário do Vorax que é uma novidade. E pela primeira vez em muito tempo um projeto brasileiro tinha todos os olhares voltado para ele. O Vorax deverá concorrer no mercado com os principais esportivos do mundo.

Superesportivo Brasikeiro, Vorax

Rossini Vorax

Rossini Vorax

O Vorax tem sua carroceria toda trabalhada em fibra de carbono e seu chassi é de alumínio. Segundo os próprios fabricantes do modelo, ele deverá pesar apenas 1.300 quilos. O coração do Vorax será um motor V10 5.0 litros da BMW M5. Isso quer dizer que o superesportivo nacional colocará a disposição do motorista 570 cavalos de potência e 53 mkgf. O Vorax está muito a frente que o Aurora 122 C-Turbo que há 20 anos atrás despertou os olhares do mundo automotivo.

O vorax tem um câmbio sequencial de sete marchas, tração traseira. O modelo é capaz de acelerar de 0-100Km/h em 3,6 segundos, mas isto só é possível em sua versão Supercharger.

Os dois homens por trás do Vorax do Vorax são Natalino Bertin Jr. como investidor, e o CEO e Designer Fharys Rossin de 37 anos. Eles tinham com objetivo fazer com que o Vorax, concorresse contra os grandes superesportivos de montadoras como Ferrari, Lamborghini e Porsche.

Deixe sua opinião