Câmbio de Dupla Embreagem

Bom, podemos dizer que a maioria das pessoas, sabem bem, que os carros podem vir com dois tipos básicos de câmbio, que são eles:

  • O Manual, que exige que o motorista, faça a mudança de marchas pisando no pedal da embreagem e utilizando a alavanca de câmbio;
  • O outro tipo, é o bastante conhecido, é o Câmbio Automático, que faz todo trabalho de troca de marcha, pelo motorista, facilitando em muito a vida do mesmo.

Mas o que nem todos sabem, é da existência de um meio termo entre esses dois tipos de câmbio, que oferece ao motorista o melhor dos dois mundos de transmissão. Estou falando do câmbio de dupla embreagem, que também é conhecido popularmente pelo nome de câmbio semi-automático.

O mundo das corridas, ainda faz o uso do câmbio manual sequencial ou SMG.

Manual ou Automático

Para quem não sabe, o Câmbio de Dupla Embreagem, oferece ao motoriasta a função de duas caixas de câmbio em panas uma.

Bom, para que você, consiga entender direito, vamos ver o funcionamento de um câmbio manual convencional:
Quando o condutor, deseja fazer a troca de uma marcha para a outra, ele primeiro deve pisar no pedal de embreagem. Nesse processo, opera-se apenas uma embreagem, que desacopla o motor da caixa do câmbio, fazendo assim, que sim interrompa o fluxo de potência para ela. Uma vez, que a embreagen estaja pisada, o condutor deverá usar a alavanca do câmbio, para escolher a marcha que deseja engatar, fazendo com que uma luva de engate e da engrenagem se movam para uma engrenagem com um tamanho diferente. Depois de ter feito tudo isso, o motorista solta a embreagem, assim o motor acopla-se de novo à caixa de câmbio e transmite a potência para as rodas.
Dessa forma, em uma transmissão manual, nã há um fluxo contínuo de potência do motor para as rodas. Ou seja, o fornecimento de potência liga e desliga durante a troca de marchas.

A caixa de Dupla embreagem( DCT, sigla em inglês) faz o uso de duas embreagens, porém, não tem o pedal de embreagem. Os carros eletrônicos e hidráulicos mais sofisticados, controlam a embreagem, da mesma forma que um câmbio automático comum faz. Porém, em uma DCT, as embreagens operam independentemente. Seu modo e operar é o seguinte, enquanto uma embreagem controla as marchas ímpares(primeira, terceira, quinta e ré), a outra controla as pares( segunda, quarta e sexta caso o veículo tenha). Trabalhando dessa forma, o fluxo de potência do motor para a roda, não será interrompido, fazendo com que o choque da troca de marchas, seja reduzido.

Veja o funcionamento do Câmbio de Dupla Embreagem

Dupla Embreagem

Câmbio de Dupla Embreagem

Para aqueles, que tem um carro com a Dupla Embreagem, ainda cabe a opção de um modo completamente automático, fazendo com que todas as mudanças sejam feitas pelo computador.

Deixe sua opinião