Laser no lugar de velas

A evolução da tecnologia é algo impressionante, um bom exemplo disso são os lasers que em pouco tempo deverão substituir as velas de ignição, pelo menos é isso que os pesquisadores da Romênia e do Japão. Juntos eles formaram uma equipe que pretende apresentar a sua tecnologia no primeiro dia do mês de Maio. Eles irão mostrá-la na conferência sobre lasers e eletro-ópticos em Baltimore nos Estados unidos.

Esses cientistas dizem ter criado um dispositivo com um funcionamento semelhante ao das velas, mas ao invés de usar uma faísca para provocar a ignição, ela usará um jato de laser. Dessa forma o uso do equipamento poderia melhorar a eficiência do motor, sem falar que com isso o nível de emissão de poluentes também seria reduzido.

Nova Tecnologia

Nova Tecnologia

O novo sistema foca dois ou três lasers dentro dos cilindros do motor. Dessa forma a combustão seria mais completa e o problema da degradação, que ocorre com as velas, seria resolvido. No entanto, a tecnologia faz uso de lasers com energias de alto pulso e assim como acontece com a vela, também seria necessário o uso de uma grande quantidade de energia, para que a ignição seja possível.

“No passado, lasers que poderiam atender a esses requerimentos eram limitados a pesquisas básicas, porque eram grandes, ineficientes e instáveis”, é o que disse Takunori Taira dos Institutos Nacionais de Ciências Naturais, no Japão. “Também não podiam ser localizados longe do motor, porque seus raios poderosos destruiriam quaisquer fibras óticas que levassem luz aos cilindros.”, completa o cientista.

Para resolver o problema citado pelo cientista, a equipe começou a desenvolver um laser que utilize pó de cerâmica que será comprimido dentro dos cilindros e deverão ter o mesmo tamanho das velas. Com isso o novo sistema de ignição passaria a usar um laser de menos potência. Além disso o s pulsos vão durar apenas 800 trilionésimos de segundo.

Deixe sua opinião